O planejamento de viagem em tempos de Pandemia

Categorias:

Sem categoria
Compartilhe:

Texto publicado originalmente na Coluna Bora Ali, no Jornal O Liberal

Ao que parece, o surto de Coronavírus está controlado em muitas regiões do Brasil. Com a vida voltando à “normalidade” muita gente já começa a pensar em viajar novamente.  Mas, será que é seguro? Bom, esse tema ainda é delicado e merece ser encarado com muita responsabilidade.

Neste momento, é preferível que as viagens sejam realizadas em casos necessários, como em razão de saúde ou motivos familiares. Mas, nada impede que possamos começar a planejar as viagens para um futuro próximo, não é mesmo?

Quem quer viajar a lazer deve ter em mente alguns pontos importantes que começam no planejamento e que serão decisivos para uma viagem segura e responsável. Então confira abaixo algumas dicas importantes de como planejar viagem na pandemia.

A escolha do destino

Enquanto a vacina contra o Coronavirus não estiver distribuída pelo mundo todo, ainda haverá chances de contágio. Por isso, a escolha do destino deve ser muito bem pensada. 

É interessante você se informar como se deu a propagação do vírus no seu destino de desejo e mais ainda, entender como está o controle do vírus na região. Afinal, se houver uma segunda onda de contaminação, você já irá prever como as autoridades locais irão lidar com a situação.

Restrições de viagem

Muitos países adotaram regras especiais a turistas como medida de contenção ao vírus. Algumas nações já até começaram a afrouxar suas fronteiras, mas infelizmente como o Brasil não soube controlar o surto nos últimos meses, alguns países ainda têm restrições com os turistas brasileiros. 

Para você ter uma ideia, no momento os residentes do Brasil não têm autorização para circular nos países da União Europeia, entre outros países europeus que não fazem parte do bloco econômico, como a Noruega, Islândia e Suíça. Estados Unidos e alguns países da América do Sul também não liberaram as fronteiras para o Brasil.

As atividades

É no planejamento que vamos organizar as atividades e distribuí-las durante os dias de lazer. Então, já sabe: procure planejar suas atividades para horários sem aglomerações e dê preferência para passeios ao ar livre, como ir à praia, fazer caminhadas ou acampar.

O ideal é evitar que você esteja em uma situação em ambiente fechado e com aglomerações. Mas, caso seja inevitável: máscara e álcool gel! 

Procure se informar se os lugares que você se interessa em visitar já estão com as atividades abertas ao público. Confira também sobre os novos horários de funcionamento, pois alguns estabelecimentos mudaram os horários para melhorar a circulação de pessoas dentro do ambiente. Lembre-se de checar essas informações novamente às vésperas da sua viagem para saber se os horários permanecem os mesmos. 

Dica: Pontos turísticos costumam lotar aos finais de semana. Sendo assim, se puder, dê preferência para visitar durante a semana. 

A escolha de acomodações

Ponto importante na hora de planejar a viagem. É válido se perguntar qual a melhor acomodação para você nesta situação. Antes de começar a fazer as reservas, faça uma pesquisa sobre as medidas de higiene e segurança dos estabelecimentos. 

Por exemplo: alguns hotéis realizam o checkin e checkout sem contato humano para minimizar os riscos de contágio do vírus. Alguns vão além e não permitem que funcionários ou outros hóspedes entrem em quartos com menos de 24h após a saída do hóspede anterior.

Se o seu interesse é se hospedar em casas ou quartos alugados (como o AirBnB) pergunte ao proprietário se o lugar foi ocupado por outro hóspede das últimas 24h. Esteja atento a estadia em lugares com circulação muito grande de pessoas e acomodações coletivas, como hostels.

Se prevenir nunca é demais. Então, esteja com seu desinfetante em mãos assim que entrar na sua acomodação e faça uma limpeza básica em todos os lugares que você vai tocar antes de usufruir do quarto. Aproveite para deixar o ar circular, abra todas as janelas sempre que possível. Um bom ar fresco faz bem!

E a saúde?

Já pensou em como funciona o sistema atendimento médico no seu destino de viagem? Pois é bom que você entenda. Mesmo com todos os protocolos de higiene, ainda estamos sujeitos a transmitir ou contrair o Coronavírus. 

Caso você precise do sistema público de saúde, procure se informar em como os moradores locais foram atendidos na época do pico. Os postos e hospitais têm boas instalações? Como estão fazendo as testagens? Os hospitais ainda estão lotados?

Caso tenha plano de saúde com cobertura para a região da sua viagem, procure saber quais os hospitais aceitam o seu plano. Tenha endereço e telefone desses locais em mãos.

Em caso de viagem internacional, sugiro contratar um seguro viagem que tenha cobertura para esse tipo de situação. Afinal, não sabemos o dia de amanhã!

Como é a viagem de avião na Pandemia?

Se você ainda não teve a experiência de pegar um vôo nos últimos meses, provavelmente tem curiosidade e um tantinho de receio, né? 

Antes de comprar a sua passagem, procure saber que regras as empresas estão adotando para evitar o contágio. Basicamente, todas as empresas contam com uma robusta desinfecção dos ambientes e obrigam os clientes a usarem máscaras enquanto estiverem à bordo. Mas não custa nada estar por dentro de tudo.

Ah, uma dica importante de como planejar viagem na pandemia é que você procure comprar as passagens com os planos mais flexíveis, caso precise reordenar o dia do vôo. No geral, as companhias aéreas não fazem ressarcimento dos valores das passagens canceladas, ao invés disso oferecem créditos para futuras viagens.

Vale lembrar que os assentos da classe executiva são mais espaçosos e confortáveis do que os da classe econômica e isso garante um maior distanciamento social entre você e o outro passageiro. Se você tiver condições financeiras de fazer esse upgrade, vale o investimento.

Se puder, vá de carro!

Uma alternativa válida em tempos de pandemia é pegar o seu carro (ou alugar) e colocar o pé na estrada. Viajar no seu carro pode evitar que você esteja em contato com outras pessoas, diminuindo as chances de contágio. Vai garantir ainda que você não dependa de transportes como ônibus ou Uber, que também geram chances de transmissão.

Como planejar viagem na pandemia – Material de Apoio:

Turismo Pós-Quarentena
Viagem de Carro Pós-Quarentena

Agora que você já sabe como planejar viagem na pandemia já entende que é possível planejar uma viagem com redução de danos, caso aconteça algum imprevisto.

Se quiser receber mais infos de viagem, inscreva-se na minha Newsletter!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

2016 Julia Maiorana | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner

Muitas imagens utilizadas neste blog vêm de fontes diversas e muitas vezes não autorizadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no blog e você desejar a remoção ou os devidos créditos, por favor envie um email para [email protected] que prontamente atenderei à solicitação.