Destinos reais para quem gosta de desafios

Categorias:

Destinos
Compartilhe:

Visitar pontos turísticos, degustar da culinária local, frequentar shows, eventos culturais e fazer compras pelo centro da cidade visitada são programações de um roteiro básico e padrão de uma viagem.  Se acrescentassem a todas as essas opções destinos ousados para quem gosta de aventura?

Reuni alguns locais que podem proporcionar experiências únicas para sua viagem. A seguir, veja a minha seleção de destinos para quem gosta de desafios físicos!

1 – Maratona de New York

Destinos para quem gosta de desafios - Maratona de Nova York - Julia Maiorana - 1

Imagem: AP/REX/Shutterstock (9189734c)

Seja pelo amor ao esporte ou apenas pelo prazer de correr, a New York City Marathon é um ótimo exemplo para viajantes que desejam testar seus limites. Já participou de alguma corrida antes? Considerada a maior maratona mundial por seus 42 km de percurso, a Maratona de NY reúne mais de dez mil participantes internacionais e dois milhões de espectadores.

Destinos para quem gosta de desafios - Maratona de Nova York - Julia Maiorana

O trajeto passa por todos os cinco distritos da cidade (Staten Island, Brooklyn, Queens, Bronx e Manhattan). A chegada é no maravilhoso Central Park, que dispensa comentários. A maratona é realizada sempre no primeiro domingo de novembro, e é importante lembrar que a estação vigente é outono. Por isso é necessário usar roupas mais quentes, porém não tão pesadas assim, para não atrapalhar na sua corrida. Uma ótima oportunidade para conhecer a cidade de uma forma mais esportiva.

A Maratona acontece anualmente no primeiro domingo de novembro. Você pode ter maiores informações sobre datas, valores e horários das corridas no Site oficial da Maratona de Nova York.

2 – Escalada do Monte Kilimanjaro

Destinos para quem gosta de desafios - Kilimanjaro - Julia Maiorana

São sete níveis de dificuldade para subir ao topo do Monte Kilimanjaro, localizado na fronteira da Tanzânia com o Quénia. A escalada não é nada simples e pode levar até nove dias para ser completada.

Mas o caminho tortuoso se justifica pelo local onde termina: no ponto mais alto da África, a 5.895 metros de altitude. Imagina a vista? Por isso que o Monte Kilimanjaro está entre os melhores destinos para quem gosta de desafios.

#diquinhadaju: Para a escalada, se faz necessário (e obrigatório, por questões de segurança) contratar uma equipe turística constituída por um guia, carregadores e cozinheiro. Por todo monte tem cabanas que oferecem serviços de pernoite, contudo dependendo da época do ano, será necessário dormir em barracas.

Destinos para quem gosta de desafios - Kilimanjaro - Julia Maiorana - 1

A fauna africana está representada pela planície da savana, espécies ameaçadas de extinção e um antigo vulcão coberto de neve. Como o monte é muito alto, é bem normal começar o trajeto em uma floresta úmida e terminá-la em um clima, digamos, glacial. A natureza bem preservadas constitui o parque nacional reconhecido como Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1987.

3 –  Torre de Macau na China

Destinos para quem gosta de desafios - Torre de Macau - Julia Maiorana - 1

A torre possui 338 metros de altura, sendo um dos prédios comerciais mais altos do mundo. Resultado disso é a incrível vista panorâmica de toda a região de Macau. A partir do andar 58 é onde as atividades de aventura começam: Bungee Jumping (o maior do mundo pelos 233 metros concedidos para o esporte), além de uma escalada de 32 metros realizada na própria torre.

Para os que precisam de um incentivo a tanta aventura, no topo da torre está o restaurante 360° Café na Torre de Macau, que funciona em uma superfície giratória, ou seja, o restaurante todo gira, proporcionando uma visão panorâmica de toda região enquanto você aguarda seu pedido. Vamos concordar que é uma das maneiras mais divertidas e inusitadas de fazer uma refeição, né? 

Destinos para quem gosta de desafios - Torre de Macau - Julia Maiorana - 2

Há diversas opções de restaurante no prédio, como o Tromba Rija, conhecido pelo seu menu tipicamente português, com todos os produtos vindo diretamente de Portugal. Uma bela experiência gastronômica (se você tiver pique e estômago para isso!).

4 –   Mergulho em Fernando de Noronha

Destinos para quem gosta de desafios - Fernando de Noronha - Julia Maiorana - 2

Fernando de Noronha representa o ponto de mergulho mais conhecido do nosso país. Localizado em Pernambuco, o arquipélago possibilita até 50 metros de visibilidade em 16 pontos de mergulho.

Com as belas praias de Baía do Sancho, Baía dos Porcos e da Praia do Leão, a região conta com uma ótima rede de hotelarias, a exemplo da Pousada Zé Maria, uma das mais famosas da ilha por oferecer o programa gastronômico mais reconhecido da região. Além de outras opções como Canto do Boldró, Marcílio e Topázio, para quem prefere regiões mais tranquilas.

Destinos para quem goata de desafios - Fernando de Noronha - Julia Maiorana - 1

A atividade de mergulho com snorkel é bastante democrática, pois tem para os mais diversos níveis de dificuldade. Vai desde o nível mais fácil, chamado de batismo (para quem nunca mergulhou) até aos mais experientes. O plus desse passeio é nadar livremente por entre tartarugas marinhas, golfinhos, além de corais e peixes da região. Prepare seu snorkel e se delicie!

5 – Caminho de Santiago de Compostela

Destinos para quem gosta de desafios - Caminho de Santiago de Compostela - Julia Maiorana

O que vale neste caminho é  a autodescoberta, o crescimento pessoal e espiritual que se ganha por meio do sacrifício físico. O objetivo é simples: chegar na cidade espanhola de Compostela.

Mas entre a saída até a chegada ao destino final, existem mais de cem possibilidade de caminhos, que na verdade é uma peregrinação. O primeiro mandamento da caminhada é o desapego: leve só o necessário. Você não precisa mais do que cabe na mochila.

Destinos para quem gosta de desafios - Caminhos de Santiago de Compoestela - Julia Maiorana - 2

O Caminho Francês é o trajeto mais popular entre os caminhantes, principalmente para os iniciantes na prática de peregrinar. Ele sai de Saint-Jean-Pied-de-Port e tem uma excelente estrutura: sinalização e assistência pelo caminho, albergues e restaurantes. Assim facilita as paradas dos peregrinos, que percorrem cerca de 800km e uma média de 25 a 30 dias de caminhada. Uma baita trajeto!

 

E então, se sentiu desafiado? Pelos relatos que eu vejo por aí, uma viagem que tenha um objetivo assim tão desafiador pode ser uma ferramenta para deixar você mais disposto e de bem consigo mesmo. Conta pra mim: quais as outras atividades que você já fez que exigiu assim de você? 

Compartilhe:

Deixe um comentário

2016 Julia Maiorana | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner

Muitas imagens utilizadas neste blog vêm de fontes diversas e muitas vezes não autorizadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no blog e você desejar a remoção ou os devidos créditos, por favor envie um email para [email protected] que prontamente atenderei à solicitação.