Hiram Bingham – O Expresso do Oriente Latino Americano

Categorias:

América do Sul,Experiências
Compartilhe:

Quando estava planejando a viagem ao Peru, pensei nos mínimos detalhes. Iria completar 30 anos naquele mês e foi um presente para mim e meus pais.

Hiram Bingham - Paisagem no Solarium do trem - Julia Maiorana

Meu pai, curioso com tudo e, também, amante de viagem, sempre comentou que gostaria de fazer uma viagem à bordo do famoso trem Expresso do Oriente – aquele antigo que faz pela Europa, mas até o momento não fizemos. Porém, pesquisando sobre a viagem vi que a Belmond – mesma empresa do Expresso do Oriente – já havia inaugurado uma viagem à bordo de um trem das mesmas características, que iria de Cusco para Águas Calientes (base de Machu Picchu).

 

O Trem Hiram Bingham

 

Hiram Bingham, o descobridor da cidade perdida

O nome do trem já é uma aula de história: Hiram Bingham foi o explorador norte americano que descobriu o assentamento inca de Machu Picchu em 1911. Então, nada mais justo do que batizar a locomotiva que faz o mesmo percurso de quem descobriu a cidade perdida do Império Inca. O trajeto passa pelo Vale do Urubamba até o pico da montanha.

Existem outras opções de trem para fazer esse trecho, mas nada se compara à experiência de estar dentro do Trem Hiram Bingham. As acomodações luxuosas, serviço de bordo impecável e iguarias da culinária peruana renderam ao Trem Hiram Bingham um lugar entre os 10 melhores trens do mundo, segundo  Condé Nast Traveller inglesa em 2015.

O ideal é comprar a passagem do Trem Hiram Bingham pela internet, assim você garante seu lugar e as mordomias que o trem proporciona. É válido lembrar que o site aceita somente as bandeiras Visa ou MasterCard.

Hiram Bingham - Trem Cusco a Machu Picchu - Julia Maiorana

Os serviços do Hiram Bingham incluem

 

  • Show de boas vindas com danças típicas da região
  • Bar-vagão com drinks peruanos
  • Almoço gourmet
  • Vagão com solarium para observação da paisagem
  • Apresentação de música ao vivo
  • VIP Lounge na Estação de Machu Picchu
  • Ônibus de ida e volta (Águas Calientes – cidadela de Machu Picchu)
  • Bilhete para entrada de Machu Picchu
  • Tour guiado em espanhol ou inglês para grupos de até 14 pessoas
  • Chá depois do tour guiado no Belmond Sanctuaru Lodge Hotel
  • Jantar Gourmet
  • Transfer de Poroy até o nosso hotel em Cusco

 

Chegando à estação

 

O transporte do centro de Cusco até a estação de onde pegamos a van é por conta própria. Por isso, de manhã bem cedinho pegamos um táxi do nosso hotel ao ponto de vans, onde sai o transporte coletivo que nos levaria à estação de Ollantaytambo, local em que parte o trem Hiram Bingham.

Hiram Bingham - Recepção na Estação de Trem - Julia MaioranaA recepção é calorosa, com direito a coquetel e banda de música peruana. Fizemos o check-in e em seguida fomos acomodados em uma van. Às 8h10min partimos para a estação em Poroy, a cerca de 20 minutos do centro de Cusco.

O motorista faz algumas paradas no caminho para que os passageiros possam apreciar a paisagem da manhã e fazer fotos. Eles oferecem ainda o famoso chá da folha de coca, bebida muito consumida e recomendada para que a gente não sofra por conta da altitude.  Por volta das 9h chegamos à estação de Ollantaytambo, onde o trem Hiram Bingham nos aguardava.

 

A experiência à bordo do Hiram Bingham

 

Chegando ao nosso vagão, nos acomodamos. Fomos recebidos pelo gerente do vagão (cada vagão tem o seu), que nos explicou como a viagem do Hiram Bingham funcionaria. São três horas de viagem até Machu Picchu e os serviços de bordo, como o almoço gourmet  (entrada, prato principal e sobremesa – que diga-se de passagem foi o melhor mousse de chocolate que comi), além de petiscos locais (maiz), bebidas não alcoólicas e vinhos.

Hiram Bingham - Dependências do trem - Julia MaioranaAssim que o trem saiu, às 9h40min, o último vagão do trem foi aberto aos passageiros. Lá fica o bar, solarium e uma banda que tocava músicas regionais ao vivo. Ótimo espaço para fazer fotos da paisagem, ficar apreciando a vista com um bom vinho e papeando.


O almoço estava delicioso. Sem contar o serviço espetacular. Uma amiga, que estava  conosco, não estava se sentindo bem do estômago e não pôde comer o que estava no cardápio. O gerente (muito solícito e preocupado que ela não comeria nada) foi verificar com o chef a possibilidade de fazer uma sopa para ela. E sim, foi possível!

Hiram Bingham -m Almoço gourmet no Trem - Julia Maiorana

 

Tour guiado na cidade perdida

 

Chegamos em Águas Calientes às 12h30min. Havia um ônibus à nossa espera para nos levar até a entrada de Machu Picchu. São 30 minutos de viagem. Caso você vá por conta própria, lá tem bilheteria para comprar o ticket de ida e volta (foi o que fizemos no outro dia).

Quando comprei as passagens, não me atentei a alguns detalhes que estavam inclusos, como a entrada para Machu Picchu com guia assim que chegássemos. A ideia era chegar em Águas Calientes, descansar e na manhã seguinte visitar as ruínas. Afinal seria mais confortável para meus pais. Mas, durante o trecho nos passaram a informação que tínhamos direito a essa entrada e tour com guia.

Como já estávamos no pique, resolvemos ir logo nesse grupo e na manhã seguinte iríamos de novo, já que eu e minha amiga havíamos comprado as entradas para Wayne Picchu ( pico mais alto que as entradas são limitadas e com horários específicos).

Hiram Bingham - Viagem em família - Julia Maiorana

Meus pais e amiga que toparam a viagem

Finalmente estávamos no pé da cidade perdida dos Incas. Fomos divididos em grupos, com o tour guiado em inglês ou espanhol. Começamos a expedição, que durou entre 2 a 3 horas. O guia contou um pouco da história, cultura, curiosidades do local e do povo Inca.

Hiram Bingham - Belmond Sanctuary Lodge Hotel - Julia Maiorana

Entrada do Belmond Sanctuary Lodge Hotel

E não pense que acabou aí, não. Bem na entrada do parque arqueológico existe o Belmond Sanctuary Lodge Hotel, da mesma empresa do trem. Lá eles preparam um chá para os passageiros do Hiram Bingham. Tinha pães, frios, doces e frutas. Fez a diferença.

Entramos no nosso ônibus e voltamos para a estação de Águas Calientes. Alguns passageiros fizeram bate e volta e iriam voltar para Cusco no mesmo dia. Nós ficamos em Águas Calientes para descansar e subir na montanha Wayna Picchu.

 

A montanha Wayna Picchu

 

Viagem ao Peru - Julia Maiorana

O ticket de entrada para Wayna Picchu deve ser comprado com antecedência, pois somente 200 pessoas sobem nela por dia. Uma metade sobre primeiro e a outra vai depois, tudo pela parte da manhã.

Nessa montanha, não é necessário guia. Na verdade, é uma trilha até o pico, com 2.720 m de altitude. É uma vista incrível. Se você não tem medo de altura, vale muito a pena. Na volta, tem que passar por Machu Picchu, ainda aproveitamos mais um pouco a energia do local e voltamos para Águas Calientes. Nosso trem sairia de volta para Poroy ao final do dia.

 

 

 

De volta ao hotel em Cusco

 

Fizemos check-out e fomos até a estação de Águas Calientes para pegar o trem. Chegando lá, mais recepção calorosa. Uma equipe de funcionários aguardavam os passageiros para a distribuição dos vagões com snacks e champagne até a hora de embarcarmos, às 17h50min.

A volta, claro, foi mais cansativa, porém animada. Aquele último vagão que citei lá em cima estava cheio, pessoas batendo papo, música ao vivo, petiscos (sugiro experimentar o sushi com quinoa, uma delícia!) e vinho peruano. Chegamos em Poroy por volta de 20h20min. Lá nos aguardava uma van para levar os passageiros nos seus hotéis em Cusco. A aventura terminou às 21h30min.

Ao final nos entregaram um formulário para preencher e dar nossa opinião. Com tanta simpatia, carinho e atenção nós fizemos questão de retribuir com uma boa avaliação e recomendação.

 

Trem Hiram Bingham: para aproveitar do início ao fim  

 

O que falar dessa experiência?!  Vivemos e aproveitamos do início ao fim.

Posso falar que foi o melhor custo X benefício da viagem. O bilhete de ida e volta custa por volta de $600. Tirando a entrada da Wayna Picchu, que compramos à parte, tudo estava incluso. TUDO! Mas você tem a opção de comprar só a ida ou só a volta e o outro trecho ser feito por outra empresa.

 

Valores da Viagem

Ida: $328
Volta: $322

 

Ah, lembra o gerente preocupado com minha amiga? Então, ele lembrou da gente e foi lá perguntar se ela estava bem. Esses pequenos detalhes, com certeza fazem a diferença e fazem valer a pena.

Gostou? Tem mais aqui no blog, onde eu conto outros detalhes da minha Viagem ao Peru. Se você tem alguma dúvida sobre a viagem de trem Hiram Bingham, comenta aqui!

Tags:
Compartilhe:

Os comentários estão fechados.

2016 Julia Maiorana | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner

Muitas imagens utilizadas neste blog vêm de fontes diversas e muitas vezes não autorizadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no blog e você desejar a remoção ou os devidos créditos, por favor envie um email para [email protected] que prontamente atenderei à solicitação.