Albânia: um paraíso na Europa com o melhor custo-benefício do continente

Categorias:

Destinos,Europa
Compartilhe:

Que tal começar a planejar as viagens de 2019 colocando na lista destinos pra lá de diferentes, mas lindíssimos e cheios de encantos? A Albânia é um desses locais que vai valer super a pena visitar esse ano e, inclusive, está entre os países mais interessantes e incríveis para se conhecer! Mas, por que será? O que tem de tão especial por lá?

Vamos ao que interessa: a Albânia está situada no continente europeu, mas já lá pro finzinho dele, na parte sudeste, na chamada península Balcânica. O país fica numa região montanhosa e que faz fronteira com outros países bem legais, como a Grécia. E o melhor: o custo benefício de visitar o local é realmente surpreendente e baixo, as diárias nos hotéis variam de 12 a 25€!

E entre tantas atrações para conhecer, as praias são, na minha opinião, o ponto mais alto. Vem comigo conferir as melhores dicas para ter uma viagem inesquecível à Albânia!

O que fazer na capital

turismo-albania-tirana-julia-maiorana

Tirana é o nome da capital da Albânia. Essa charmosa cidade tem uma arquitetura bem colorida e seus edifícios são, na sua maioria, em tons pastel. E tudo acontece em torno da praça principal da cidade, chamada Skanderbeg, que é marcada por uma estátua de um herói nacional.

A primeira parada é sentido norte, onde está o Museu de História Nacional, com muitas obras e peças desde os tempos pré-históricos até os períodos mais sombrios da época da ditadura comunista que o país viveu, além das revoltas anticomunistas do século XX. Ou seja, esse museu é daqueles passeios que você precisa fazer com calma para conferir tudo bem de perto.

Voltando para a praça, visite a Mesquita de Et’hem Bey, construída no século XVIII e a Torre do Relógio, monumento também criado na mesma época. O legal da torre é que você pode subir até o topo e ter uma vista panorâmica de toda a cidade — e tirar belíssimas fotos.

turismo-albania-bunk-art-julia-maiorana.jpg

Agora se você quer ir a fundo na História do país e visitar um lugar realmente incrível, precisa conhecer o Bunk’Art 2. Ele foi inaugurado em 2016 e o mais recente de Tirana, dedicado exclusivamente em contar tudo sobre o regime comunista. Antes, o local era um bunker (!), altamente secreto e feito para proteger militares em caso de um ataque nuclear.

Passeando por dentro do museu, você vai ter a impressão de ter voltado no tempo e ingressado em um filme sobre a época das guerras. O que mais chama atenção lá, além do ambiente, são as obras, que contam detalhadamente o que o povo albanês viveu durante as duas guerras e o período sangrento do regime comunista.

E depois de fazer todos esses passeios, nada melhor do que passar uma boa noite em um bairro alegre, jovem e super badalado de Tirana: o Blloku. É por lá que você vai poder se jogar em bares, boates e, claro, restaurantes!

turismo-albania-blloku-tirana-julia-maiorana

Aliás, não deixe de experimentar a culinária local, como o tradicional Mish Shqeto, que é carne de ovelha, e o Baclava, um pastel feito de pasta de nozes trituradas — uma delícia!

Partindo para as praias

turismo-albania-praias-julia-maiorana

Como eu disse no comecinho desse post, as praias da Albânia são uma atração que você não deve perder. Vale até reforçar que o melhor mesmo dessa viagem tá reservado para elas, então, deixe uns dois dias para conhecer a capital e depois vá para as praias e fique por lá até a sua volta. Garanto que você não vai se arrepender!

Por falar  em praias, é bom saber a melhor época para ir: no verão, é claro! O verão europeu consiste entre os meses de junho e agosto, sendo que esse último é o mais concorrido, pois coincide com as férias de muita gente que aproveita para invadir os países alheios, rs! A dica é: vá depois disso, em setembro, por exemplo. Ainda estará quente o suficiente para aproveitar.

Riviera Albanesa

turismo-albania-riviera-albanesa-julia-maiorana

Com mais ou menos 85 quilômetros de faixa litorânea, a Riviera Albanesa fica no sul do país e é banhada pelo mar Jônico. As águas são claríssimas e de um azul lindíssimo, igualzinho ao da Grécia que, aliás, fica a apenas 35 quilômetros de lá.

Comece explorando a bela praia chamada Ksamil, uma vila com várias praias bem pequeninas e super charmosas. Além de ter muitos hotéis bem baratinhos e com restaurantes deliciosos, a praia é realmente convidativa e tem muito quiosque espalhado pela areia, o que torna o consumo de bebidas e comidas de fácil acesso.

Uma dica bem legal é alugar um caiaque. Com ele, você poderá conhecer todas as ilhotas que ficam por perto sem precisar necessariamente ir nadando, o que é bem possível e muita gente faz.

turismo-albania-himare-julia-maiorana

Himare

Outra praia que você precisa conhecer é Himare. Na verdade, ela é composta por várias praias, umas com nome e outras totalmente escondidas. As mais bacanas para visitar são Borsh, Lukove, Porto Palermo e Livadhi. Mas, Himare é realmente o ponto de partida dessa parte da Riviera, e tem muuuuuuitas influências gregas, da comida a língua mais usada por lá.

Dhermi

E não para por aí. Vá de Himare até Dhermi, outra região surpreendente. A distância entre elas é só de 16 km, e é por lá que você vai encontrar as praias de Gjipe e Jale. Essa região é considerada a mais chique e luxuosa da Riviera, onde tem os hotéis mais bacanudos e os restaurantes mais cheios de classe — se você quer 100% de conforto, esse é o lugar para ficar.

Como chegar nas praias

turismo-albania-transporte-julia-maiorana

Os transportes públicos da Albânia são um tanto precários e nem todos saem na hora prevista. Mas, mesmo assim, ainda dá para usufruir deles sem grandes problemas. Para chegar às praias dá para sair normalmente da capital, Tirana, pegando um ônibus ou até mesmo em vans, que são informais, mas sem perigo algum.

Por fim, se prepare para comer, beber e se hospedar bem gastando bem pouco, mesmo. A média diária por turista fica em torno de 40€, com tudo incluso. É ou não é uma maravilha?

 

Entendeu por que a Albânia está entre os destaques quando o assunto é viagem internacional com bom custo-benefício? Agora é só montar o seu roteiro e partir! Precisa de ajuda para montar o seu? Entre em contato!

Compartilhe:

6 thoughts on “Albânia: um paraíso na Europa com o melhor custo-benefício do continente”

  1. Zenilde Soares disse:

    Já quero visitar a Albânia! Já fiz o turismo basicão de conhecer as capitais badaladas da Europa ‘ Roma, Londres, Paris, etc, mas eu gosto mesmo é de me aventurar pelas pequenas cidades. Valeu, Julia, vou lá e te conto depois. Super bjo.

    1. Julia Maiorana disse:

      Oi Zenilde! Que bom que você gostou. Depois me conta. Beijo!

  2. Marcia dias disse:

    Adorei!!

    1. Julia Maiorana disse:

      Oi Marciaa’ que bomm

  3. Anita Vendramini Bernardes. disse:

    Que linda é a Albânia, fiquei encantada!

    1. Julia Maiorana disse:

      Oi Anita!! Diferente ne!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2016 Julia Maiorana | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner

Muitas imagens utilizadas neste blog vêm de fontes diversas e muitas vezes não autorizadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no blog e você desejar a remoção ou os devidos créditos, por favor envie um email para [email protected] que prontamente atenderei à solicitação.